Panqueca Americana

Panqueca Americana

Bom dia Chefs do Brasil.

De manhã, nada como uma panqueca do tipo americano.

Faço muitas no Quality e a cada vez vou aprimorando a receita, a técnica e o sabor das coberturas.

Então, lá vai a minha versão da Panqueca Americana.

Dois bowls metálicos, limpos, sem nenhuma gordura e umidade (como sempre deve ser).

Separe os ingredientes secos:

Pese 800 gramas de farinha de trigo. Acrescente seis colheres de sopa de fermento em pó, uma colher de chá de sal e duas colheres de sopa de açúcar (mesmo que for fazê-la com cobertura salgada).

Em outra bowl vamos juntar os ingredientes líquidos:

800 mls de leite integral (dá pra fazer com o desnatado, porém fica menos, vamos dizer, fofinha. Já que pisou na jaca, se lambuze, afinal em comparação com tudo que vai,desnatado ou integral será de pouca diferença. (Tentei fazer com leite de soja, porém o resultado fica ruim, mas é possível fazer) + 2 ovos levemente batidos+ seis gotas de essência de baunilha + 50 mls de manteiga que você, com cuidado, derrete no micro-ondas.

Misture com leveza os ingredientes líquidos e adicione aos ingredientes secos, mas antes abra uma cova no centro, assim você vai “empurrando” aos poucos esses ingredientes secos aos líquidos. Com o fouet mexa bem, com certo vigor até formar uma massa que se desprende dele, porém com certa dificuldade.

* (se achar que está muito grossa essa massa, adicione aos poucos mais leite. Se achar que está muito fluida, acrescente um pouco de farinha e misture bem).

Deixe essa massa descansar por uns 20 minutos.

Coloque uma frigideira antiaderente em fogo médio-baixo (se não for assim, como ela é grossa, vai queimar por fora e ficar cru por dentro). Unte com manteiga.

* (Aqui vai outra dica pra quem faz em maior quantidade: derreta um pouco de manteiga e passe com o pincel no fundo da frigideira ou então, na falta do pincel, use uma folha de papel toalha enrolada).

Com uma concha coloque delicadamente na frigideira quando essa estiver quente. Com o fundo da concha acerte a forma (para que fique, pelo menos, com a mesma espessura a panqueca toda, se não cozinha demais um lado e fica cru no que ficar mais grosso).

Com a ponta da espátula, levante levemente e veja se dourou o lado de baixo da panqueca. Se sim, vire-a. Isso demora apenas um a um minuto e meio, apenas.

Dourou dos dois lados, retire e coloque sobre um prato (evite colocar muitas uma em cima da outra porque o vapor que se desprende delas fazem as debaixo ficarem murchas e borrachudas).

Pronta as panquecas, vamos a duas coberturas que fazem sucesso no Quality Bistrot:

Salgada:

Corte lombo de bacon (o lombo é mais sequinho e não deixa aquela gordurada toda do bacon normal, tanto que para ele ficar mais crocante, adiciona um punhadinho de manteiga na hora da fritura.

Quando eles estiverem crocantes, coloque creme de leite fresco e deixe até começar a levantar fervura. Quando chegar essa hora, adicione requeijão, Catupiry ou Queijos Gruyère e Parmesão ralados, juntos ou separados. Misture direitinho e acrescente sal, pimenta e um pouquinho de noz-moscada ralada na hora (não muito porque seu sabor é forte).
Desligue o fogo e coloque esse preparado sobre as panquecas e sirva imediatamente.

Doce:

Lave bem frutas vermelhas (pode ser morango, amoras, framboesas, Mirtilos). Coloque em uma panela e cubra com água mineral e deixe por uma hora, sem mexer. Passada essa hora, esmague com o garfo essas frutas, mas deixe algumas meio inteiras.

Acrescente açúcar (coloque pouco, na proporção de 2 para 1, ou seja, o peso da fruta dividido pela metade.

Leve ao fogo baixo, sempre mexendo até virar uma calda. Deixe essa calda reduzir até encorpar.

Esprema limão (sem sementes, please).

Uma pitada de sal e creme de aceto balsâmico.

Mexa bem e volte ao fogo até reduzir uns 30%, ou seja, voltar a ficar em forma de uma geléia.

Ao contrário da cobertura salgada que é servida quente, a doce, deve ser morma, não fria e nem quente.

**

Se achou que dá trabalho, vem no Quality Bistrot que eu faço procê.

Se quiser e achar que as coberturas deram muito trabalho, coloque geleia de frutas (tem da Tchurma da Mônica feitas de puro açúcar tingido de vermelho pra parecer morango, hehe!!) ou mel, além do famoso Mape Syrup, o melaço americano e candense, também conhecido como Xarope de Bordo.

by Marcos Ripp