20 coisas que você quer saber sobre ovos

20 coisas que você quer saber sobre ovos

Tudo que você queria saber sobre ovos. Se é que queria…

1. Quem surgiu primeiro, o ovo ou a galinha?

O ovo. Animais primitivos já botavam ovos antes do surgimento da classe das aves.

2. Porque ovos sao embalados em dúzias?

A razão para embalar ovos em dúzias (12) data de um sistema de pagamento especial que estava em vigor na Inglaterra séculos atrás.

Na época, os ovos eram vendidos por um centavo cada ou 12 por um xelim, o que equivalia a 12 centavos.

3. Ovo é alimento

O ovo é considerado atualmente o segundo alimento mais completo depois do leite materno. O ovo é 85% pura água.

4. Ovos marrons são mais nutritivos que brancos ?

Não. Surpreendentemente, a cor de uma casca de ovo varia dependendo do tipo de galinha que a colocou.

5. A espessura de uma casca é na verdade um bom indicador da qualidade do ovo .

Acredite ou não, quanto mais espessa a casca, que resulta de uma dieta rica em cálcio, mais saudável é a galinha (e, portanto, um ovo mais nutritivo).

6. O porta-ovos na porta da geladeira é o pior lugar para guardar ovos

Caixas de ovos são projetadas especificamente para evitar quebras e solavancos, e são a melhor ferramenta para evitar que os odores de sua geladeira entrem em seus preciosos ovos. A bandeja embutida na porta da geladeira, por outro lado, não é o lugar para manter os ovos frescos e saborosos. A abertura e o fechamento da porta resultam em mudanças de temperatura rápidas e freqüentes, o que afeta negativamente a frescura do ovo, além dos choques mecânicos.

7. O menor ovo do mundo é o do beija-flor (10 milímetros)

8. O Ovo Caipira

Ovos chamados “Caipiras”, não significam que as galinhas estão vagando alegremente ao ar livre. O ovo caipira é produzido por galinhas que são criadas “parcialmente” em gaiolas e que se alimentam de ração 100% vegetal.

As galinhas sem gaiolas ainda podem ter sido criadas em condições de vida confinadas sem acesso ao espaço externo. É preciso saber a procedência, ainda mais nesse país.

Da próxima vez que você quebrar um, preste atenção na cor da gema do seu ovo. Uma gema mais escura e ricamente dourada é um indicador de que o ovo veio de uma galinha caipira e, posteriormente, é mais nutritivo. As galinhas caipiras têm uma dieta mais variada e normalmente levam uma vida mais saudável.

Por isso, no Brasil, a maneira de ter certeza que a produção de ovos respeita o bem-estar das aves é procurando nas embalagens o selo da Certificação Orgânica ou o da Certified Humane.

9. E é verdade que existem ovos falsificados?

Acredite se quiser, mas existem ovos falsificados. A produção ocorre na China, onde pessoas inescrupulosas fabricam ovos com resina, gesso, parafina, gelatina e outras substâncias

10. Ovo e Colesterol

A gema contém valiosas vitaminas, minerais e ômega-3, por isso simplesmente não deve ser negligenciada. Ele também é pobre em gordura saturada e oferece proteínas. Uma pesquisa recente observa que o colesterol encontrado nos ovos não eleva significativamente os níveis de colesterol no sangue, como pensávamos anteriormente.

11. Por quê as pessoas consomem ovos de chocolate na Páscoa?

Para muitos povos, os ovos simbolizam o início da vida. Eles eram pintados e dados de presente para comemorar o início da primavera no Hemisfério Norte e homenagear Ostera (ou Eostre), a deusa germânica do renascimento e da fertilidade. Ostera era simbolizada por uma mulher com um ovo na mão e um coelho a seus pés. A tradição do ovo de chocolate só foi possível graças ao descobrimento da América, quando os europeus conheceram o chocolate. Quem teve a idéia de produzir ovos de chocolate foram confeiteiros franceses do século XVIII.

12. Ovo de 7 dias

A fervura dos ovos no início da semana para pequenos almoços e lanchinhos, simplifica sua vida. Guardados convenientemente na geladeira, com casca, se mantém perfeitos por até sete dias.

13. Não se deve lavar os ovos antes de guardá-los na geladeira

Pois isso pode retirar a película protetora existente na casca e aumentar a chance de contaminação por micro-organismos, que podem migrar da casca para o interior. Portanto, faça a lavagem apenas no momento do preparo.

14. A Salmonella pode ser transmitida por quem manuseou o ovo contaminado.

Um fato que muita gente esquece, portanto, lave as mãos após manusear os ovos.

15. Nada de Ovo Cru

Quando cozinhamos o ovo a proteína que é desnaturada pelo calor NÃO perde valor nutricional significativo. Ou seja, não há necessidade NENHUMA de comer ovo cru como pregam muitos “atletas”, pelo contrário, é arriscado.

16. Guardar o ovo de lado pra cima ou pra baixo?

O ovo possui uma região apical e uma região basal. Pode parecer estranho, mas a região apical deve ser mantida para baixo, pois desta forma o CO2 resultante da hidrólise da proteína sobe e fica em uma região chamada de câmara de ar.

17. Quando mais velho o ovo, maior é a presença de CO2, por isso boiam quando imersos em um copo com água.

Porém isso não é um teste 100% seguro.

18. Verificar a data da produção e a validade, sempre.

19. Temperatura do Ovo

Quando são produzidos pela galinha, chegam a 40 graus Celsius. Quando eles esfriam, o líquido do seu interior se contrai e uma bolha de ar é formada na extremidade mais larga do ovo.

20. Uma galinha bota de 250 a 270 ovos por ano.

Os ovos demoram de 24 a 26 horas para se formar dentro de uma galinha.

Provavelmente você não sabe que bilhões de pintos machos são sacrificados todos os anos porque não são válidos para a indústria do ovo, e também não se destinam à produção de carne, apenas porque pertencem a outra indústria (ração animal, principalmente)

São simplesmente jogados em trituradores (viva a humanidade!!).

BONUS: Omelete!

E para finalizar vamos falar sobre uma preparação muito conhecida a qual tem versões em alguns países entre eles França, Espanha, Itália e Japão. “A” Omelete.

A omelete clássica francesa são ovos batidos os quais podem ser temperados (uma ótima idéia: temperá-los ainda crus para “pegar” mais sabor) e fritos em frigideira.

Na Espanha não chama omelete, chama tortilla espanhola. Se junta aos ovos batidos azeite de oliva e frita cebolas e batas.

Frittata italiana, assim é o nome da omelete na Itália. Ela é mais grossa e depois de ir para frigideira é grelhada. Vai muito azeite e um dos recheios tradicionais são: pimentões picados ou aspargos, corações de alcachofra etc.

A omelete japonesa é uma massa fina, pois se adiciona água a mistura de ovos. Outro fato o qual a distingue é que ela é feita em uma frigideira quadrada e conforme a massa vai ficando frita vai sendo dobrada e no final ela é cortada em cubinhos.

Existe outra preparação, mas esta remonta tempos muito mais antigos. O eggah é a “omelete” dos Persas. À mistura de ovos adiciona os ingredientes desejados, porém a preparação vai ao forno proporcionando um prato com uma textura mais firme.

** Sustentabilidade: Bater as cascas de ovos no liquidificador junto com um pouco de água e colocar nos seus vasos de ervas e flores é um ótimo componente de adubagem e você ainda evita usar os implementos químicos.

Obrigado Marcos Ripp Cozzella